Karin Sá Rego é escritora aqui escreverá uma poesia por mês. Brincadeiras, histórias, canções, curiosidades, atualidades,conhecimento…os mais variados assuntos são contados em forma de poesia.

Passa o tempo, passa a mil. Volta tempo, vem… psiu! Passa a fase da chupeta, do paninho, que saudade. Faz biquinho, faz careta. Mertiolate, esse  arde! Passa a brisa, natural. Passa o azeite, passa o sal. Passa a dor, com ...

Leia mais

Cidadania, Leitura

  Se essa rua fosse minha, eu mandava ladrilhar, com pedrinhas portuguesas, para o meu amor passar.   Pedrinhas pretas e brancas, iguais às do calçadão, formando um desenho bem lindo: obra de arte no chão.   O meu amor ...

Leia mais

Search