Gastronomia, Viagens
Uma viagem a Itália sem sair de São Paulo

Uma viagem a Itália sem sair de São Paulo

Como  viajar para a Itália sem sair de São Paulo?  Essa resposta é fácil para quem já visitou o Eataly! Na hora que você entra no lugar já sente os aromas da Itália e fica na expectativa de saborear a comida. Para os alunos da Escola de Inglês Juan Uribe estar lá foi mais especial. Descobriram que o tour incluiria peixaria, padaria, muçarela, hortifruti, massa fresca e sorveteria. Além de tudo, para fechar com chave de ouro, os  participantes fariam todo o tour em inglês e levariam para casa um passaporte com o registro do passeio!

A viagem começou na padaria, vimos de perto o que só quem trabalha lá conhece, onde são assados os pães. No momento em que as crianças entraram na padaria, foram informadas de que precisariam de uma touca de cozinha para que os cabelos não caíssem na comida. Já dava até para sentir o cheiro dos pãezinhos assando. Quando o primeiro funcionário da praça apareceu, disse que cada um faria seu próprio pão, o que animou toda a garotada. Foi demonstrado o modo de preparo para fazer com que o pão ficasse bonito e gostoso. O desafio foi modelar a massa para ela entrar no forno bonita e pronta para assar. Os estudantes também degustaram dois tipos de pão italianos, o primeiro era o tradicional do Eataly, o Italiano que tinha uma casca mais grossa e crocante com o miolo macio e o segundo era o tradicional com chocolate misturado na massa.

A segunda  e melhor parte, na minha opinião, foi a degustação dos queijos. Havia muitos… mas o melhor era uma muçarela de búfala com a fórmula de uma chef italiana, exclusiva da casa. Ela era  50%  leite de búfala e 50% leite de  vaca, despertando um sabor que no começo era doce e a cada mordida ia ficando um pouco mais amargo. O sabor ficou na minha memória e pretendo prová-lo novamente.

Mesmo com luvas pudemos sentir a textura de um polvo, uma lula e uma lagosta. Fomos apresentados ao grande peixe sapo e descobrimos que o Brasil  é o maior exportador do mundo e a gente nem conhecia o peixe, que é considerado muito saboroso.

Vendo e revendo esta viagem de sabores, podemos afirmar que foi  possível conhecer alguns sabores italianos, de verdade, que com certeza ficaram na memória do nosso paladar. Ainda tivemos a parte de hortifruti e dos” gelatos”.

Uma lição que todos levaram ao sair do Eataly é que se antes você pensava que a gastronomia italiana se resumia a massas, pães e sorvetes, você descobre que eles realmente são excelentes, mas as outras coisas, como os queijos,  também representam muito bem a Itália!

JP, 11 anos

Créditos:

  • Delphine Garcia, fotos.
  • Juan Uribe ( obrigada Sosô Uribe pela organização e as educadoras , Lila e Bird)
  • Eataly
  • ( Nossos agradecimentos à Marco Giancola, Olivia Vachon, Guilherme, Emilio Barletta,  Luciana Reyes e toda equipe do Eataly que fizeram este tour possível para às crianças)
  • Nosso próximo tour será dia 07/11
Compartilhe!

Pesquisar